Venha compartilhar um pouco do trabalho que realizo como historiador e professor da cidade de Cotia. Mergulhe no passado das pessoas que construiram este lugar, recorde fatos marcantes que deram identidade cultural a esta cidade.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

DEPOIS DOS CINQUENTA ANOS PODE QUASE TUDO


Não lembro onde ouvi esta frase: depois dos cinquenta anos se pode dizer o que quiser que ninguém irá colocar reparo. Será? As pessoas podem levá-los a sério demais ou não vão nem ligar para o que você diz. Despercebido.Acho que depois dos cinquenta anos ficamos de saco cheio de ver tanta hipocrisia e coisas que não mudam. Viramos cópias. Provoca até irritação ver que falta tanta originalidade.

Alguns dirão que você está ficando gagá(risos). Não é bem assim, mas tudo bem! Gagá é... Alguns dirão que você está ficando com as ideias ultrapassadas. Aceitar essas opiniões que lhe colocam para baixo é assumir que a vida não vale a pena chegar aos cinquenta anos. Aceitar essas ideias negativas de que estamos velhos demais é jogar a toalha. Não faça isso! Com cinquenta é quando opinamos ou realizamos coisas com a dimensão da nossa idade. Vemos o mundo com clareza.Ponderamos nas decisões com maturidade. Pensa!

Na verdade para ter ponderação e maturidade não precisamos ter cinquenta anos. Basta olhar o mundo com humanidade. Mas com cinquenta utilizamos aquilo que aconteceu em cinco décadas para se tomar uma decisão. Bagagem!Com isso saímos na frente. O contraditório é quando somos avisados que estamos passados. É como se fôssemos avisados que é hora de descansar. Mas quem diz que estamos cansados? Agora que estamos preparados para enfrentar as diversidades que a vida nos impõe.

O outro lado da moeda...

O legal dos cinquenta é quando assumimos os nossos defeitos. Defeitos aprimorados até chegar aos cinquenta (risadas...). Um defeito que aprimorei é repetir um assunto várias vezes. E depois da repetição exaustiva ainda perguntar: você entendeu? Acho que esse defeito de fabricação ganhei como professor. Ao final de uma explicação perguntamos: você entendeu? Agora, é muito chato ser repetitivo. Tenho tentado melhorar.

Outro defeito, depois dos cinquenta,é quando nos recusamos aprender a lidar com as novas tecnologias que surgem a cada dia. Jogamos responsabilidade quase sempre para os mais jovens. Ah! Meu netinho nem idade ainda tem, mas lida com o computador com maestria. Eu mesmo não manjo quase nada, mas adoro me aventurar pelas redes sociais. Às vezes inventamos que não estamos enxergando direito. Aí perguntamos como que se faz isso mesmo? É só apertar esse botão, diz o bimbolho!


Sabe de uma coisa boa, depois dos cinquenta é possível corrigir os defeitos. Quase todos!