Venha compartilhar um pouco do trabalho que realizo como historiador e professor da cidade de Cotia. Mergulhe no passado das pessoas que construiram este lugar, recorde fatos marcantes que deram identidade cultural a esta cidade.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

FILHOS DA MÃE


Mãe! Não tem ninguém neste mundo que não seja filho da mãe. Todos nós somos filhos de uma mãe. Mãe que acalenta. Mãe que alimenta com seu leite materno. Mãe que se alimenta. Mãe que protege o rebento dentro da sua barriga. Útero. Nasce aí um sentimento profundo. Para sempre. Mãe que abre mão dos seus projetos para cuidar dos seus filhos. Mãe que diz com a boca cheia que seu filho é o melhor do mundo. Mãe não vê defeito, só enxerga qualidades. Esta coisa de ser mãe é única. Se existe uma fatalidade do filho partir antes do que a mãe, ela ainda continua mãe. É um sentimento tão forte que mesmo diante de uma tragédia não acaba.

Não precisa ter barriga de grávida para ser mãe. O ato de ser mãe é um sentimento. Mãe é um sentido que encontra seu filho em um orfanato. Mãe recebe o filho da barriga de outra mãe. Ama intensamente. Existe tia-mãe. Existe avó-mãe. Existe vizinha-mãe. Existe uma mulher que pode ser mãe se dedicando a socorrer os filhos de outra mãe. Caridade. Existe mãe de todo jeito. De todo tipo. Mãe é adjetivar: Lindo. Inteligente. Fofo. Excelente e outros. Mãe guarda as roupas dos seus rebentos para nunca perder o cheio do nenê.  Que ninguém neste mundo chame seu filho de feio. Confusão na certa. “Filho não se esqueça de colocar a blusa que vai esfriar.” Cuida. E quando os filhos da mãe crescem e trazem o namorado ou a namorada para ser apresentado, a mãe sente tanto! Eles crescem...

Filho da mãe, neste domingo retribua o amor que tanto recebeu. Abrace sua mãe. Acaricie. Faça um chamego. Quem não gosta de um chamego? Caso não possa simbolizar através de um presente o seu carinho pela mamãe, pois a crise está feia, faça uma visita. Mãe também gosta de receber carinho. Mãe também chora.  Mãe também tem seus conflitos interiores como você. Retribua. Não seja ingrato. Seja grato. Caso sua mãe tenha se transformado em uma estrela, busque na memória tudo que ela fez para você. Ela está presente. Lágrimas de saudade. Fale sobre ela para seus filhos. Conte a história dela para seus rebentos. Mãe também vira avó.  Para as mães os filhos nunca crescem. Mãe deixa os filhos infantilizados para sempre. Não goste dela só no domingo, goste todos os dias.


Mãe também é gente!