Venha compartilhar um pouco do trabalho que realizo como historiador e professor da cidade de Cotia. Mergulhe no passado das pessoas que construiram este lugar, recorde fatos marcantes que deram identidade cultural a esta cidade.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

BAIÃO DE DOIS DA GERMANA



Quem não gosta de Baião de Dois, bom sujeito não é! É doente da cabeça ou do pé (risos). A origem do Baião de Dois é cearense e nordestina. Esse prato típico se espalhou pelo Nordeste, pelo país e pelo mundo. Ganhou roupagem nova e até sofisticada, mas se caracteriza pela facilidade de elaborar e a simplicidade do prato. Os principais ingredientes são o arroz e o feijão. Os adereços dão um sabor maravilhoso à comida. Esses adereços são característicos de cada região. 


Ingredientes


O primeiro passo é colocar o feijão fradinho ou verde para cozinhar. Durante esse período do cozimento do feijão vão preparando outros ingredientes. Bacon e linguiçacalabresa em pedaços pequenos. Cortem pimentão verde, amarelo e vermelho, também em pedaços pequenos. Cebola e alho roxo. E um bom pedaço de queijocoalho,cortado em quadradinhos.Nem todo mundo gosta, mas pode acrescentar costelinha defumada. Não podemos nos esquecer de uma porção significativa de coentro. Caso não goste de coentro, use salsinha. Cozinha é um espaço de criatividade



Baião de Dois da Germana acompanhado de pernil de porco. Foto: Márcia IsabelLuz

Em uma panela frite o bacon e a linguiça e acrescente a cebola e o alho. Depois acrescente os pimentões. Quando esses ingredientes estiverem no ponto, acrescente o arroz. Misture o arroz na panela e deixe fritar. Acrescente água. Cuidado para o feijão não cozinhar demais. Não esqueça que cozinhar é um gesto de amor,atenção e carinho.

Quando o arroz estiver quase pronto, acrescente o feijão. Deixe o arroz bem molhadinho. Depois coloque o coentro e o queijo coalho. Vou contar dois segredos que é a marca do Baião da Germana (que faz a diferença). Normalmente o Baião é servido sequinho, também uma delicia. Um toque especial: o segredo é que ela deixa o Baião ficar molhadinho.Outro segredo, que dá um saber especial,são as ervas (hortelã, manjericão, tomilho, alecrim fresco e outros). Eu gosto de acrescentar um fio de azeite e uma boa pimenta.

Fica delicioso.

Pode ser servido com peixe, carne vermelha, carne de porco. Fica melhor ainda com um ovo frito. Já ia me esquecendo de um ingrediente: carne seca. Acho que você já sabe que a palavra Baião (baiano) vem de uma dança queé derivada do lundu. O Baião foi popularizado na voz de Luís Conzaga e Humberto Teixeira, autor da letra Rei do Baião. O Baião ganha nome diferente - na Paraíba é rubacão.

Prepare a mesa do seu jeito e vamos saborear esse Baião de Dois com muita alegria.